quinta-feira, 26 de maio de 2011

UM LUXO!

"Ana Luiza Schwab",  mais uma belíssima medianeirense -  
WOODS BAR 19/05/2011

"Cronópio" Jeane

Impossível não sair transformada depois de algumas horas ao lado da poeta iguaçuense Jeane Hanauer. Com movimentos graciosos , olhar contundente e palavras deliciosamente combinadas, ela nos leva à lugares tão distantes e nos trás novamente à realidade, como quem assiste e participa (somente ao que interessa, porque ela faz escolhas) da vida de uma maneira “singular”, própria de quem  tem intimidade e conhece, por experiência, as dores, os amores e os limites entre o “ser e o estar”. Quatro horas e meia de conversa cheia de referências, as melhores possíveis (assim como sua escrita), um “ir e vir” de assuntos “linkados”, entrecortados, sem nunca perder o “fio da meada” e o melhor de tudo:  Ela permite que o “diálogo” aconteça (coisa rara), ouve com a mesma intensidade com que fala, diverte e “se” diverte. Procuramos os segredos do realismo fantástico, brindamos “CRONÓPIOS”, rimos e nos entristecemos com alguns “FAMAS”, brincamos de amarelinha, vomitamos coelhinhos, tiramos e colocamos os “pais” nas “latas de lixo”, “analisamos ”Vladimir e Estragon” , despedaçamos o abril, dançamos em “delírio na lavoura de Simone Spoladore, tomamos o “DAIME “ com Jean, corremos atrás das bolinhas de sabão espalhadas pela  casamóvel  de um dos mais brilhantes mímicos que conhecemos (uma agradável coincidência),filosofamos sobre Helena Blavatski, Rosas Cruzes, Umbanda e de meu encontro com Jesus Cristo,  ouvimos música Celta, falamos de “mãe”, falamos de “ressonância”, de atração, de qualidade de vida, de opção e da falta dela. Para ela, talvez apenas um encontro, para mim uma “descoberta”...
Já em casa... dois deliciosos livros, devidamente autografados, para serem degustados: “Lobos no Telhado” e “Flor e Cimento” -  cada linha, cada frase, “trago” Jeane de volta,  em sua escrita “confessional e violenta” – digo violenta,  porque é direta,  sangra... e fica -  Fica “à flor da pele”, viva, cotidiana e verdadeira.  O mais maravilhoso de tudo isso, além de aguardar  “CRONÓPIO GODOT”  (seu próximo livro que está no “forno”), é saber  que ela, Jeane, mora ao lado, bem pertinho de nós, que participa da efervescência do atual movimento Cultural que está acontecendo na cidade (um ponto para a cultura local), que aceita convites e convida, que deixa recados, manda e lê nossos emails... Alguns encontros que temos,  são verdadeiros presentes (nessas horas sinto que acertei quando decidi “dobrar" algumas esquinas) e me fazem contrariar alguns “ditos” populares, neste caso “santo de casa FAZ milagre” , um milagre chamado  poesia,  da melhor qualidade!  

Jeane, querida, estou ansiosamente "Esperando CRONÓPIO Godot"...



 Jeane Hanauer 

* QUER MAIS INFORMAÇÕES?
 visite e siga o blog da escritora 
 


.



domingo, 22 de maio de 2011

segunda-feira, 16 de maio de 2011

O BRILHO DE LETÍCIA SARABIA!

Com  “jeito” de menina  e com determinação e segurança de uma “empresária bem sucedida”, Leticia Sarabia nos recebeu ,  segunda-feira dia 09/05, em seu ateliê,  para falar um pouco sobre esse trabalho que ela vem desenvolvendo há algum tempo na cidade de Foz do Iguaçu, mas que  iniciou ainda nos tempos em que morou em Astorga ,onde aos dois anos de idade chegou de Londrina, sua cidade natal – quase uma brincadeira de menina , uma menina que já sabia o que queria  – Aos quinze anos mudou-se com a família para Foz,  morou um tempo em Londres e novamente por essas bandas, voltou a  dedicar-se à confecção de acessórios (brincos, pulseira, colares anéis), que hoje já agrega, bolsas, sapatos, cintos  em sua “linha de produtos” com a marca que leva seu nome: ”Leticia Sarabia”. Estudante de Administração e cursando o primeiro período de DESIGN DE MODA, a empresária, confessa estar muito confortável, dividindo seu tempo entre estudar, administrar e ainda dedicar-se ao  “trabalho de criação” (Leticia desenha todas as “bases” de seus acessórios que são confeccionadas em São Paulo), que deve, diz ela, ganhar mais charme e muito mais personalidade, a partir de descobertas que vêm fazendo com seus estudo de  “moda”.  O Atelie  emprega quatro funcionarias que trabalham com a produção e sempre com metas! (as peças são montadas a partir das bases que são combinadas entre si formando assim, belos brincos, pulseiras, colares e a partir daí vem o trabalho mais delicado: a colagem  das pedras e cristais e a escolha das cores – um trabalho que exige muita paciência, delicadeza e acima de tudo bom gosto). Ela ainda atende dezenas de representantes e visita algumas lojas  repondo peças, entregando pedidos etc,  pela  região oeste. Haja fôlego!
A qualidade e o bom gosto do material que Letícia  produz, é indiscutível, desfilam lindos e brilhantes, nos pulsos, orelhas e colos das mulheres mais elegantes e charmosas da cidade de Foz, das principais cidades do Paraná,  de São Paulo, do Rio de Janeiro e de Milão. Isso mesmo, as italianas também estão usando Leticia Sarabia!
A jovem que adora sapatos, espelhos e viagens, parece ter realmente nascido para o sucesso, não sei se por intuição, por “gosto” ou por ser dona de uma “visão de mercado” indiscutível (qualquer leigo como eu percebe a “administradora”  falando mais alto nas palavras de Letícia), ela escolheu para ser “estrela” de seu “negócio”, os cristais “SWAROVSKI”, os mais cobiçados do mundo! Que têm conquistado as mais reconhecidas marcas de  moda, só para citar alguns exemplos: CHANEL, DIOR, MELISSA. Daniel SWAROVSKI (1862 – 1956) , fundou sua fábrica em 1895  (hoje SWAROVSKI  AG) em Wattens, na Austria e desde então, vem alcançado brilho e sucesso por onde passa, sempre  inovando, criando novos cortes, novas formas, novas possibilidades de “brilho” e Letícia Sarabia, sabe muito bem disso e une seu talento e bom gosto na criação de suas peças exclusivíssimas e muitas vezes “ousadas” como apresentou no último desfile da marca que aconteceu dia 03/05, com as presenças das lindíssimas Daniella Cicarelli, Pamella Ferrari, Anaísa Biesdorf, Juliana Finardi e outras das mulheres mais belas da região! Puro Glamour!    
Pergunto à Letícia sobre seus sonhos, ela me fala de “seus projetos” (os sonhos, certa ela, guarda para dividir com os “seus” os mais queridos, os mais amados) , que não são poucos nem pequenos, mas fala com precisão, com cautela, com conhecimento e com a certeza que este brilho, não é só para este céu,  ele deve chegar muito mais longe (tão longe quanto a SWAROVSKI, só para se ter uma idéia o filme “O FANTASMA DA ÓPERA” -2004, foi patrocinado pela empresa  e tem os cristais quase como protagonistas, inclusive o “grande vilão” – o candelabro -ou lustre- todo feito com os cristais, além das aplicações no vestido da bela “CHRISTINE”, os belíssimos acessórios e ainda podemos admirar uma vitrine da loja com suas lindas peças, LUXO!). Eu acredito!  Acredito e torço por ela, porque além de uma administradora/designer, é um ser humano consciente do valor “do outro” e parece ter aprendido muito bem com as seguintes palavras:

"... cada idade traz consigo novas vocações e novas formas de auto-expressão. O importante é manter-se alerta para aproveitar as oportunidades quando elas surgirem e para colocá-los para o melhor uso possível. Mas não importa o quão bem sucedido você é, você será incapaz de  se sustentar a menos que você tente pensar em seu próximo também ... se você tentar manter os olhos firmes no objetivo principal e colocar seus interesses pessoais por trás de você, seu futuro será assegurado. "  (Daniel Swarovski)
 
SUCESSO E MUITO BRILHO à você, Letícia e a tua competentíssima equipe! 


A "PEDRA FUNDAMENTAL"





A partir de agora, todas as peças LS vêm com uma "medalha" com as iniciais "LS" - PARA SUA MAIOR SEGURANÇA


cena de "O Fantasma da Opera"(para quem ainda não viu, fotografia maravilhosa, figurino espetacular,  musica da melhor qualidade e muito "brilho" SWAROVSKI)

Agradecimentos muito especiais:
Edlamar Sarábia pela companhia e extrema simpatia!
Suelli, (o "braço direito do ateliê") Gerente;
Janynne, Francieli e Fabiana - as delicadas "fazedoras" dos brincos e cia!



O ateliê Leticia Sarabia, fica na Av. Paraná, 1030, sl 02 - Fone 45 3029 1022 - Foz do Iguaçu

sexta-feira, 13 de maio de 2011

UM LUXO!

Bonequinha de Luxo com "jeito" de Miss...  a "Bela" Neila Patricia Antoniolli foi minha escolhida da noite de sábado dia 07/05/2011 - WOOD'S BAR - Foz do Iguaçu

Você tem sede de quê?

Sábado dia 07/04/2011 o “CLUBE DA LEITURA” formado por alunos da UNILA, sob coordenação da professora  de Literatura Latino-Americana, Dra. Diana Araujo Pereira, que tem como objetivo “colocar na roda de discussão” autores/escritores Latino-Americanos. O primeiro escolhido, para minha agradável surpresa, foi o colombiano Gabriel Garcia Marquez, autor de um de meus livros prediletos: “CEM ANOS DE SOLIDÃO”  (NOBEL de literatura em 1982), um livro arrebatador que a cada leitura (o li três vezes em épocas diferentes de minha vida), proporciona novas descobertas, novas possibilidades poéticas devido ao enorme número de metáforas recorrentes ao autor. Um Realismo Fantástico (classificação literária) que aos poucos vai se tornando "possível",  dependendo da "quantidade de poesia” que colocamos em nosso olhar! Personagens riquíssimos, repetições de nomes que exigem uma dedicada atenção, dores familiares, "aquelas que parecem vir no DNA", sete gerações de tentativas de felicidade, de tentativas de amor, de tentativas de leveza de espírito e como não podia deixar de ser, "de solidões anunciadas"...  Um livro no mínimo “instigante” e extremamente rico em imagens,  belas imagens! -  Adorei  a oportunidade de poder ouvir de Psiquiatras, Professores de História, de Literatura, de Ciências Políticas, opiniões, não excludentes,  e sim,  depoimentos que vão dando forma ao quebra-cabeça que é o material literário que Garcia Marques produziu. Comentou-se sobre  questões “políticas”, complexidade psíquica dos personagens,   “identidade Latino-Americana”   e sobre a “escrita “confessional do autor em questão, que sempre mescla a realidade, a sua própria realidade, com a ficção (muitas das histórias escritas por ele são histórias vividas, com toda certeza, com uma dose do “mágico”). Outros livros como “O Amor no Tempo do Cólera”, do Amor e Outros Demônios entre inúmeros outros títulos que compõem  a obra do escritor colombiano, também "fascinantes", estão à disposição prontos para serem "saboreados" e sempre deixando marcas profundas em leitores mais "sensíveis"   Falou-se também sobre um conto intitulado “A Santa” que conta a história de  um pai  que luta, por mais de duas décadas, pela canonização de sua filha, já que seu corpo, depois de enterrado, conservara o frescor da vida após a morte, e este pai carrega este corpo em suas andanças – é obvio que eu fiquei morrendo de vontade de ler -  é parte do livro “DOZE CONTOS PEREGRINOS”  que está a venda na livraria KUNDA em Foz do Iguaçu, onde acontece os encontros do grupo, que vai se repetir todo primeiro sábado de cada mês. Imperdível! O próximo autor a “entrar na roda”, cogitou-se ser “Julio Cortázar", belga de pais argentinos,   que seguiu a mesma linha literária de García Marques e sua obra é não menos “brilhante” que  a do colombiano! Vamos aguardar!   

A Propóstio: *nossos "hermanos", argentinos, uruguaios, paraguaios, colombianos (cito estes porque eram os países representados neste dia), têm a questão "latina" muito mais "à flor da pele" que nós "brasileirinhos", obviamente que com exceções, são em sua maioria muito "politizados", conhecedores da história de nosso continente - as lutas, o sangue, as glórias -  será uma questão "idiomática"? ou é devido ao "samba" ? qué pasa?*










# KUNDA - Livraria Universitária, Rua Almirante Barroso, 1473 - centro, Foz do Iguaçu
  fone 45 3523 4606






sábado, 7 de maio de 2011

UM LUXO!



O charme, a beleza e a elegância de Patricia Fontanella desfilando na noite do dia 30/04/2011 - WOODS BAR 

quinta-feira, 5 de maio de 2011

O VALOR DE UM ABRAÇO...

Pensando em “abraço” me veio uma lembrança dos tempos em que eu dava aulas de teatro em algumas instituições que recebiam crianças e adolescentes carentes,(carentes de que?), em umas como voluntária, em outras como contratada, mas isso nem importa... Me lembrei de coisas tristes, de vidas tristes, de infelicidade (assunto para outro post), e o que mais me chamou atenção (graças ao bom Deus não me “criei” naquele lugar) em um destes  lugares em particular, foi um presidido por uma “Dama da Alta sociedade” (tão alta que não consigo enxergar), que mantinha uma certa “distância das crianças”  - elas eram 'sujinhas' e queriam o “contato”    (porque sempre colocam lobos para cuidar de ovelhas?), esta senhora me demitiu , porque não montei nenhuma “pecinha” para ela mostrar às outras “damas da alta sociedade” como as crianças eram "educadas"  e como "ela" fazia um bom trabalho, porém durante muito tempos após minha “explusão”  encontrava alguns deles pelas ruas e eles corriam e me abraçavam (esse era meu espetáculo). Ia para minhas aulas, super preparadas dentro de uma metodologia que eu havia escolhido e de acordo com o indicado para determinadas faixas etárias etc, etc, etc ... psicologias, pedagogias, filosofias e muitos “ias”, que a gente aprende na faculdade... mas que muitas vezes não servem pra nada principalmente quando falamos de “carne viva”, de queimadura” de “flor da pele”... Passava minhas horas de “conversê” com os meu queridos, falando bobagens e ouvindo suas histórias... e que histórias...  que cargas... que fortalezas...,  enfim, meus pequenos heróis, não queriam saber de teatro, meus pequenos heróis , queriam apenas abraços, abraços silenciosos porque a vida deles já lhes fazia muito barulho e eles queriam descansar... adormecer... e talvez, quem sabe, sonhar... muitas vezes choro quando lembro deles..
O abraço entra em minha vida, onde as palavras já não “dão conta” de falar!

 Belos abraços captados pelas lentes de Beto Prestes no WOOD'S BAR 

Não posso falar de abraço sem citar Eduardo Galeano e seu maravilhoso “Livro dos Abraços” – um livros de histórias, contos,  relatos, curtos, doces e profundos que nos provocam inúmeras reflexões...  


Aqui está só uma pequena amostra para deleite e também para deixar este meu humilde blog e minhas “tolas e vazias palavras”  com uma pitada de verdadeira poesia!




O mundo
Um homem da aldeia de Negua, no litoral da Colombia, conseguiu subir
aos ceus. Quando voltou, contou. Disse que tinha contemplado, la do alto, a vida
humana. E disse que somos um mar de fogueirinhas.
— O mundo e isso — revelou —. Um montao de gente, um mar de
fogueirinhas.
Cada pessoa brilha com luz propria entre todas as outras. Não existem
duas fogueiras iguais. Existem fogueiras grandes e fogueiras pequenas e fogueiras
de todas as cores. Existe gente de fogo sereno, que nem percebe o vento, e gente de
fogo louco, que enche o ar de chispas. Alguns fogos, fogos bobos, não alumiam nem
queimam; mas outros incendeiam a vida com tamanha vontade que e impossível
olhar para eles sem pestanejar, e quem chegar perto pega fogo.
(Eduardo Galeano – Livro dos abraços)

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Barbie com os dias contados...


Há alguns meses venho tropeçando em umas bonequinhas  perdidas pela minha sala e por incrível que pareça, nunca tive a curiosidade de pegá-las e investir alguns minutos de meu precioso dia para observá-las com olhos mais atentos e críticos. Fiz isso! me encantei com  o estilo e o bom gosto das danadinhas . Estilosas e  elegantes,  se apresentam com uma maquiagem impecável  e bem interessante, aliás poderiam até ser inspirações para as baladeiras de plantão, nada de muito dramático, apenas um risco preto no côncavo, cor nas pálpebras, delineador,  muito rímel (talvez uns tufos de cílios no externo ) e lábios bem vivos! Amei! E os modelitos! Ahhhh! Românticos, com rendinhas nas golas, tomara que caia xadrezinho, gravata  de   poá   e as saias pregueadinhas ... um luxo só!
Sem contar os detalhes dos acessórios super hiper modernos, abusando  das “caverinhas” que estão em alta, enfeitam e dão charme aos brincos, bolsas,  cintos das lindas monstrinhas, e os belíssimos sapatos que deixam qualquer “sapatólatra” alucinada!
A coleção "Monster  High" foi lançada por volta de outubro de 2010 aqui no Brasil, eu as conheci em dezembro, mas o sentimento mesmo, “rolou” agora, há umas duas semanas.

Será o fim do império das doces “Barbies"?

Draculaura e  Frankie Stein

 Maquiagem impecável e detalhe do "brinco de caveira"

 o lindo "mini" xadrez com gravatinha de bolinha e detalhe de caveira

 bolsa chiquérrima! mais caveirinhas!

Draculaura e seu bichinho de estimação o "morcego" Conde Fabulous"
gola romantica em renda! um arraso!

Botas de fazer inveja à Lady Gaga!

Frankie exibindo seu lindo sapato altíssimo "meia pata"


Fabricados pela MATTEL a coleção se completa atualmente com mais quatro monstrinhos!


VI NA VITRINE...

Amei essa vitrine que vi ontem, 03/05 na BAMBINA, o casaco é chiquérrimo e a composição com a "montaria" e o lenço ficou um LUXO! (dignos de uma Penélope muito charmosa!). Não acharam?

*Almirante Barroso, 1185  

- Click na foto e veja a imagem maior!

terça-feira, 3 de maio de 2011

Qualidade de Vida!




Quinta-feira dia 21 de abril, estive na "CLINIC – Fisioterapia Feminina", para me entregar aos prazeres dos exercícios físicos e tratamentos de pele que encontramos por lá. Entusiasmada em conhecer os benefícios da tão famosa PLATAFORMA VIBRATÓRIA, fui linda e saltitante. Doce inocência a minha em pensar que iria subir na plataforma, como quem sobe na garupa de uma moto, e permanecer ali, quase inerte, esperanto o tempo passar! Que nada,  além da vibração do equipamento, trabalhamos com posturas, direcionadas  para fortalecer  cada região específica,  tonificar músculos  e aumentar a densidade dos ossos (ótimo na prevenção da osteoporose), embora a primeira experiência  tenha me surpreendido (despender mais esforços do que o imaginado), a sensação de relaxamento que ficamos após a sessão é extremamente gratificante e tem gosto de “isso foi feito pra mim”   - o tempo  de investimento é menor, reduz gordura visceral e subcutânea, melhora tônus muscular, reduz colesterol e excesso de gordura no corpo, fortalece as articulações, estimula o funcionamento do intestino, aumenta a força muscular entre outros que não lembro agora rs,  acima de tudo “estimula a produção de SEROTONINA” – a substância responsável  pelo bom humor... quer mais?  eu quis, bombardeei  as lindas Melissa e Mariana com perguntas sobre o surgimento, o aperfeiçoamento e outras aplicações (União Soviética, Astronautas, Madona <o>)  , muito interessante, me rendi à ela   e ao carinho e atenção das meninas que oferecem um atendimento personalizado cheio de “paciência” para tirar dúvidas de curiosos como eu!
O espaço que as irmãs  Szadkoski, fisioterapeutas, criaram para atender principalmente as mulheres, é muito  aconchegaste  - para os mais sensíveis, existe "algo" especial e muito bom naquele ambiente  (podemos chamar de "energia", vibração", "luz" tanto que não sentimos vontade de ir embora) - e  oferece muitas opções no tratamento de pele (limpeza e peelling’s), CARBOXITERAPIA,   PILATES, Treino Funcional, RPG,  Fisioterapia Uroginecológica, enfim, um assunto para cada post, que com certeza farei após ter me submetido à pratica, aplicação,  tratamento ou ter  acompanhado de perto um paciente. Por enquanto continuo com o meu "Peeling Mandélico" (que será meu próximo assunto),  e volto a escrever contando todo processo e os resultados .
Obrigada  queridas! Fico feliz em saber que existe bem pertinho de mim um lugar que pretende reunir "qualidade de vida"  e arte! (novidades a caminho)! Sucesso sempre!.   

 "A linda Mel dando intruções na Plataforma"

" Eu sendo orientada por Mel em uma postura para fortalecer os braços"

 
"Estaremos a partir desta data fazendo promoções através deste blog - a primeira será o sorteio de oito sessões de "Plataforma Vibratória" . Para participar, a princípio você terá que seguir este blog e "curtir"  a CLINIC no facebook  

http://www.facebook.com/#!/pages/Clinic-Fisioterapia-Feminina/192386690801830

Logo estaremos lançando a promoção, aproveite para conhecer essa deliciosa forma de estar saudável e de bem com o teu corpo! 

contato : 45 3028 6050

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Tudo que você precisa saber sobre BRINCOS!

Escrever sobre qualquer assunto tornou-se redundante com o “advento” da internet, o Google acaba com qualquer originalidade que você possa supor, porém, como diz Renato Russo, “quais são as palavras que nunca são ditas?”. Quero escrever sobre Brincos.  Vou fazê-lo, apenas para elogiar as escolhas das nossas “princesas, duquesas, marquesas”, que enfeitam e colorem as fotografias com seus lindos acessórios, em sua grande  maioria “feitos aqui” ou simplesmente “adquiridos” aqui por essas bandas fronteiriças.  Logicamente dei uma “fuçada no assunto” e percebi que "pintores clássicos famosos", em 99% de suas obras, não retrataram mulheres com brincos, salvo Frida Khalo (que era uma mulher),  se auto retratava  quase sempre com brincos! Será que os brincos são acessórios imperceptíveis aos olhos deles? Intrigada fiz uma pequena pesquisa com os “friend’s” que estavam “on” e surpreendentemente os seis interrogados, reconheceram e  valorizaram o uso deste acessório e mais, mostraram-se conhecedores do assunto, inclusive em relação a importância do bom senso na hora da escolha, embora nenhum deles seja um pintor  famoso.  E eu que pensava que eles nem enxergavam esses detalhes!  Corrigindo, dependendo do tamanho, "parte principal do look"!  -   IMPORTANTE:  Adriano Monanc que não estava on, não foi interrogado e vasculhando as obras dele, percebo que as mulheres retratadas, não estão de brinco, o que me leva a crer que pintores famosos têm problemas com brincos. 
Jóias ou Bijoux, grandes, médios ou pequenos, eles, os brincos parecem estar em primeiro lugar entre a maioria das mulheres, quando o assunto é acessório. Procurei em todos os arquivos do Beto (fotos tiradas no WOOD’S BAR desde a inauguração até a data de hoje) e não encontrei sequer uma mulher que não esteja usando brinco, algumas poucas não  tem como termos  “absoluta certeza”, neste caso, contabilizo como sim . Com toda essa “importante” pesquisa, cheguei as seguintes conclusões:
“Todas as mulheres que vão à balada usam brinco” ; 
“Os donos de baladas devem exigir apoio dos fabricantes de brincos, porque ajudam a vender o acessório”; 
“Beto Prestes só fotografa mulheres com brincos”; 
“Eu não tenho par no mundo porque não uso brinco”.

  - Minha contribuição para humanidade -
  


 WOOD'S BAR - FOZ DO IGUAÇU

Agradecimentos aos ilustres colaboradores:
Junior José Jacobs
Ricardo Teixeira Neto
Edimar Candido Pereira
Roberto Prestes
Juliano Dobler e 
Osama Bin Laden (que atrapalhou minha pesquisa com o anúncio de seu falecimento)